BARCELONA: DICAS DE VIAGEM – PELO MUNDO

Barcelona é um dos meus destinos preferidos no mundo por isso, resolvi contar como foi minha experiência por lá.

mulher sorrindo em barcelona capa post pelo mundo

 

Primeiro quero confessar 3 verdades sobre mim:

1) Amo viajar;

2) sempre quis conhecer a Europa,

3) Barcelona era uma das TOP 3 cidades que eu sonhava em visitar.

Em meio a situações adversas (entre elas um libertador pedido de demissão) surgiu a oportunidade de conhecê-la. Não pensei duas vezes, renovei meu passaporte, fiz as malas e “hasta la vista, baby”! Na verdade Barcelona foi uma parte de uma viagem que incluía também um cruzeiro e outros países, mas vou dedicar posts específicos para esses destinos. Nosso foco agora é outro.

Algumas companhias aéreas já fazem voos diretos saindo de São Paulo. Mas no meu caso fui pela TAP com conexão em Lisboa. O preço ficava mais em conta, e boas economias são válidas já que daí pra frente qualquer moedinha era em euro.

Não é necessário tirar visto para essa viagem mas existem alguns cuidados que precisamos ter ao passar pela imigração como: comprovante das passagens de ida e volta, seguro saúde e comprovante das reservas dos hotéis, para evitar imprevistos.

Vou deixar aqui os links das embaixadas de Portugal e da Espanha para maiores informações sobre requisitos de imigração.

SOBRE BARCELONA

Barcelona fica na costa leste da Espanha, banhada pelo mar mediterrâneo. É uma cidade muito popular na Europa sendo um dos lugares mais procurados pelos turistas. É conhecida também por ser solar, divertida e pelas ricas cultura e arquitetura. Por isso é bem válido que faça passeios à pé,descobrindo cada esquina, cada novo detalhe que vai se revelando. Super indico!

Rua de Barcelona
Pelas ruas de Barcelona. Foto: arquivo pessoal.

 

Panorâmica des ruas de Barcelona
Panorâmica. Foto: arquivo pessoal.

MINHA HOSPEDAGEM

Fiquei em 2 lugares, no: Apartamentos Aura Park Sud – mais próximo ao porto, pois faríamos um cruzeiro. Razoável para passarmos 01 noite. Tinham padarias, cafés e mercados próximos.

Depois nos hospedamos no: Alcam Valencia II, próximo à Sagrada Família. Demos preferência a reservar apartamentos pois éramos um grupo de 7 pessoas. E sempre preferimos ficar em locais mais centrais das cidades que visitamos.

Mesmo assim não tivemos uma experiência tão agradável com a segunda hospedagem. Ficamos insatisfeitos com as camas e a roupa de cama deixada. Os lençóis estavam manchados e ignoraram nossa solicitação para trocar. Demos o nosso jeito para que isso não atrapalhasse a nossa viagem. Espero que tenham melhorado, mas prefiro não recomendar.

LUGARES PARA VISITAR – CONHECENDO BARCELONA

SAGRADA FAMÍLIA

Templo Expiatorio da Sagrada Família. Essa é uma das atrações mais conhecidas, visitadas e concorridas de Barcelona. Programe-se e compre antecipadamente as entradas para ver a Igreja por dentro – eu não pude ir 🙁 .

A obra do arquiteto Antoni Gaudí é digna de admiração. Ao assumir a obra ele desejava que o monumentose tornasse referência da cidade. Conseguiu! Dentro das curiosidades que a cercam vale lembrar que sua construção se iniciou em 1882 e até hoje não foi concluída. A previsão é que isso aconteça em 2026.

DSC016482-SAGARADA-FAMILIA.jpg
Foto: arquivo pessoal

Os ingressos podem ser adquiridos na Sagrada Família, através de agências de turismo aqui e lá ou através do site oficial: sagradafamilia.org  . Os ingressos variam de € 9.00 a 29.00 .

Eu definiria a Sagrada Família como surreal. Mesmo contemplando sua grandiosidade apenas do lado de fora. São muitos detalhes, formas e acontecimentos que podemos reconhecer nas suas fachadas e torres. Linda demais!

PARK GÜELL

Outro ponto turísco incrível de Barcelona. Resumão: o projeto inicial que era pra ser um grande empreendimento, um condomínio fechado super diferenciado com uma linda vista para a cidade e o mar. Mais uma vez Gaudi foi contratado para a obra. Mesmo com toda modernização e promessa as vendas foram um fiasco. O que eu achei de lá? Um lugar maravilhoso, queria passar muito mais horas lá. Na verdade você perde a noção do tempo, admirando, curtindo, tirando fotos e mais fotos. Parece cenário com muito verde, paredes e escadarias de pedra.

casa de pedra por Antoni Gaudí no Park Guell
Foto: arquivo pessoal.
Foto: arquivo pessoal.
Prédio de pedras em meio a natureza. Park Guell Barcelona
Foto: arquivo pessoal
Foto: arquivo pessoal.
Foto: arquivo pessoal

Você pode fazer 2 tipos de passeio. O pago que e dá acesso a Zona Monumental onde fica a casa museu. O restante do parque é de livre acesso e vale muito a visita. A compra de ingressos pode ser feita no local ou online através do site oficialparkguell.cat

MERCADO LA BOQUERIA

Esse é o nome mais conhecido, mas o seu nome verdadeiro é Mercado  São José. Um dos mercados mais antigos de Barcelona e com certeza o mais famoso.

Passeamos pela Rambla que é cheia de bares, cafés, lojas,bancas com flores, suvenirs, artistas, músicas e grande fluxo de pessoas. Enfim chegamos ao Mercado la Boqueria. Sabe aqueles mercadões onde encontramos de tudo? Frutos do mar, frutas secas e frescas, potinhos com frutas já cortadinhas prontas para comer, doces, picolés, petiscos, temperos, carnes… É enorme a variedade de coisas lá dentro. Nos boxes de fora encontramos algumas lojas de vinhos e bebidas. Paramos em uma que serviam em barris feitos como mesas. Foi meu momento happy hour! Aquela hora boa da viagem: beber sangria e comer tapas.

Foto: arquivo pessoal
Foto: arquivo pessoal.
Foto: arquivo pessoal
MONTJUIC 

Após uma loooonga caminhada chegamos a Plaça d’Espanya. Construída para a Exposição Internacional de 1929 é a maior e mais importantes e movimentadas de Barcelona.  Muito bonita localizada entre longas avenidas , fica bem próxima ao Montjuic e a ex arena de touros (hoje o Centro Comercial Las Arenas). De longe vemos lindas construções. Por lá há muita coisa a ser visitada como: o Museu Nacional de Arte da Catalunha, o Castelo,o Parque Olimpico, o Jardim Botânico… Vá com tempo pra curtir nem que seja um pouquinho de cada.

Foto: arquivo pessoal.

COMER E BEBER

Pesquisando no Tripsdvisor com certeza a gente encontra muitas sugestões de lugares bem conceituados em Barcelona. Mas acho também que o acaso nos proporciona boas surpresas.

É o caso da Xurreria Sagrada Família. Fica bem pertinho da Sagrada família- da esquina já dá pra espiar. Enquanto esperávamos as chaves do nosso apartamento sentamos em uma mesinha para aguardar. A melhor espera da vida. Pegamos uma porção de churros acompanhado de chocolate quente… e repetimos algumas vezes o pedido. Os churros são bem crocantes, e grandes. (pedimos uma opção que não era recheada) Dá para molhar no chocolate quente cremoso e doce o suficiente para deixar a combinação perfeita.

A felicidade de quem ama churros! Foto: Arquivo pessoal

100 montaditos é uma mistura de lanchonete e barzinho. Um bom lugar para tomar umas cervejas, comer alguns aperitivos, encontrar os amigos e colocar a resenha em dia. Além disso, os preços são bem atrativos – muita coisa por € 1, € 3,50, vários preços bem baratinhos. Montadito é algo bem típico da cultura espanhola, uma seleção de ingredientes típicos servidos num pão. São como mini sanduíches. No cardápio existe uma grande variedade além dos outros petiscos. É só escolher, fazer sua comanda, ir ao caixa, pagar e aguardar.  Quem quiser pode conferir mais nesse site aqui: 100 montaditos

Para quem é celíaco: no cardápio já possuem opções sem glúten!

Foto: arquivo pessoal

SEMPRE HÁ TEMPO PARA COMPRAS

Para quem não perde uma oportunidade de fazer umas comprinhas e tiver um tempinho reservado para isso na viagem… Faça como eu e aproveite!! 🙂 Você vai encontrar: Mango, Zara, Stradivarius, Bershka, H&M, Primark e alguns precinhos bem sedutores.

Tem também o El Corte Ingles um centro de compras de roupas a supermercado que você encontra de tudo e acha muito produto que vale a pena – outros não. Ótimo para repor o estoque de chocolates, comprar o perfume favorito com um precinho que enche nosso coração de alegria. Tem também maquiagem, cosméticos eletrônicos. Ah! Dica: leve seu passaporte e faça o cartão de turista que eles te oferecem para ganhar descontos na sua compra.

 Confira também outras viagens e dicas: PELO MUNDO
Continue Reading

05 MOTIVOS PARA CONHECER O URUGUAI

Uma vez por ano vá a algum lugar onde nunca esteve antes” (Dalai Lama)

Hola, pessoas!!

Levei o conselho acima a sério e aproveitei o período do carnaval desse ano para conhecer o Uruguai. Já falo que valeu muito a  viagem e quero contagiar vocês com essa vibe uruguaia! Quando tiverem uma oportunidade, visitem esse lugar. Adianto já que vou trazer mais detalhes num guia de viagem aqui, por enquanto, vou mostrar 05 motivos para conhecer o Uruguai, vamos lá?

01. A CARNE E AS BEBIDAS

Sem nenhum exagero, em Montevideo (a capital do Uruguai) comi umas das melhores carnes da minha vida! Um bife ancho maravilhoso! A carne uruguaia é conhecida pela sua alta qualidade. O asado ( como eles chamam o churrasco) é feito à lenha e não carvão e as porções  servidas são bem generosas! Para acompanhar as carnes nada melhor que um bom vinho tinto. Com certeza vão te sugerir algum com a uva Tannatpopular e característica da região. Muito bom, recomendo! Outra bebida bem característica e encontrada em todos os lugares é o Medio y Medio. Uma mistura de espumante com vinho branco, super fresca e gostosa (menos uma que tomei no mercado pois era muito doce e com gosto de remédio… argh!).

Almoço no Mercado del Puerto.

02. MONTEVIDEO

Uma uma cidade linda, limpa, arborizada, movimentada, porém tranquila. A maioria das atrações são relacionadas ao seu passado. Na Ciudad Vieja você encontra a maioria dos pontos turísticos ( a Praça da Independência, o Teatro Solis, o Mercado do Porto) e dá pra fazer tudo isso andando mesmo. Em Montevideo tem comida boa, restaurante bom e ótima bebida como já falei. Outro ponto positivo é que a a orla da cidade é bem extensa e convidativa. Conhecidas por Ramblas vai ser difícil não tirar um tempo para um passeio por elas ou mesmo para admirar o espetáculo que é o  pôr do sol.

Pôr do sol em Montevideo… UAU !

03. O DOCE DE LEITE

Paixão à primeira prova. Ele é doce na medida, tem uma cremosidade consistente, um tom mais escuro do que estamos acostumados, mais concentrado e saboroso. Pra quem gosta vale muito a pena. E pra quem não gosta… sério… experimenta porque é  “maravilloso”!

Doce de leite indispensável!

04. COLONIA DEL SACRAMENTO

Uma cidade colonial, linda que fica aproximadamente a 2h 30min de Montevideo e de 1 a 3h (a depender do transporte) de Buenos Aires, na Argentina. Acho que foi o passeio que fiz que mais gostei. Ruas de pedra, casas coloridas, bem arborizada, à beira do Rio da Prata , em cada esquina uma história. A graça é chegar cedo, passear e conhecer o centro histórico, tirar muitas fotos, e depois sentar pra curtir o visual, comer algo e tomar uns bons drinks!

Me encanta!

05. PUNTA DEL ESTE E PIRIÁPOLIS

Se você curte o clima de balneário, praia e sol, inclua esses destinos no seu roteiro. Punta é conhecida pelos seus cassinos, curtição e luxo. Atrai muita gente para o período de veraneio. No verão as temperaturas são bem altas por isso, curtir em um quiosque ou restaurante na praia será sempre uma boa opção. O mesmo vale para Piriápolis (que fica no caminho de Punta) porém, achei o lugar mais tranquilo e familiar e a orla bem mais encantadora.

Tarde de praia em Piriápolis !

Com certeza daria ainda para ou listar muitos motivos e postar mais imagens. Mas vou ficando por aqui para deixar um gostinho em vocês!

Alguém já esteve por lá?

Beijo, tchau!

 

Continue Reading

ALERTA UTILIDADE!! 12 ITENS QUE VÃO SALVAR A SUA VIAGEM

Não tem nada pior do que passar perrengue em viagem, não é mesmo? Tem imprevistos que acabam com o nosso humor e só trazer dor de cabeça. E não é isso que queremos, a ideia é se divertir e aproveitar ao máximo.

Por isso, depois de algumas experiências e muitos ataques do coração fiz uma listinha de 12 itens que talvez a gente não dê muita importância mas são tão essenciais quanto as passagens na viagem.

Vamos conferir?

 

  1. KIT COSTURA

A calça rasga, o botão solta, a alça da blusa arrebenta. Tudo acontece quando você viaja. Para não depender da gentileza de alguns hotéis ou pousadas (nem todos possuem) leva um kit costura. Não ocupa espaço e é bem baratinho!

  1. HIDRATANTE LABIAL

Para quem sofre com ambientes secos esse item é essencial. Seja no seu destino ou mesmo no avião é muito chato ficar com os lábios ressecados. O ressecamento pode até ferir, então leve um hidratante ou protetor labial na mochila e cuide dos seus lábios.

  1. CASACO OU MANTA

Tá ai uma coisa que eu NUNCA deixo de levar em qualquer que seja a viagem. Mesmo que seja um lugar de praia sempre levo um casaquinho. As temperaturas caem ou às vezes o lugar tem muito vento, e aeroporto e avião também são muito frios!

  1. DESODORANTE

Quem nunca esqueceu o básico numa viagem? E tem viagens longas, que duram hooooras. Por isso, na minha necessaire de bolsa nunca falta uma versão mini do desodorante. Vai que…

  1. LENÇO UMEDECIDO

Não tem como lavar as mãos ou rosto? Não tem guardanapo? Faltou papel higiênico? O lenço umedecido te salva!

  1. SHAMPOO SECO

Na correria da viagem lavar e secar cabelos custa um tempinho. Mas vai perder aquele passeio ou atrasar por causa disso? Não! Para uma segurada na oleosidade: shampoo seco neles!

  1. NECESSAIRE TRANSPARENTE

Ideal para a bagagem de mão! Substitui aquele saquinho plástico transparente para armazenar os líquidos, pastas e gel até 100 ml. Fica mais organizado e dá pra acrescentar alguns outros itens também.

  1. ADAPTADOR UNIVERSAL

A gente nunca sabe o que nos espera no nosso destino.  No exterior cada país tem uma tomada diferente e no Brasil não existe ainda um padrão. Então melhor se prevenir e investir num adaptador universal do que ficar sem usar os eletrônicos ou depender de achar e comprar um durante a viagem.

  1. CADEADO

Por favor, malas trancadas! É mais seguro. Se a mala não estiver sob seus olhares e cuidados: cadeado. Ultimamente não está dando pra confiar nem na sorte . Melhor evitar imprevistos, né gente?

  1. PASTA

Vá por mim, imprima: cópias das passagens e seus documentos, tickets de passeios ou de transportes, informações sobre o hotel, roteiros e afins. Guarde tudo em uma pastinha fina de elástico. Qualquer problema ou dúvida você não passará sufoco e terá tudo em mãos. Previna-se de imprevistos!

*Em viagens internacionais – Faça uma cópia do seu passaporte do visto. Caso algo ruim aconteça comunique a policia da imigração e ao consulado ou embaixada do país que estiver.  As cópias ajudarão na sua autorização de retorno ao Brasil.

  1. TAG DE MALA

Coloque algo para marcar que aquela mala é sua! As tags ajudam a localizá-las mais rápido também em caso de extravio ou perda.

  1. POCHETE/PORTA-DÓLAR

Chame como achar melhor! Esse acessório polêmico permite levar dinheiro e documentos junto ao corpo – longe dos olhares de ladrões espertinhos. É bom também para os esquecidos que podem deixar bolsas e mochilas por aí. Hoje em dia já conseguimos encontrar de diversos tipos, cores tecidos e preços em lojas de rua ou em shoppings.

E vocês? Me contem aí o que consideram essencial para levar numa viagem.

Bem, espero que eu tenha ajudado e lembrem-se de levar esses 12 itens na próxima!

Beijos e tchau.

Continue Reading

PELO MUNDO: GUIA DE VIAGEM-BUENOS AIRES

titulo-guia-buenos-aires-bandeira

Buenos Aires é uma cidade charmosa na Argentina, um destino internacional bem acessível, com várias opções de passeios, diversão e cultura. Fui pra lá duas vezes e tenho a terceira programada. Já ouvi daqui o “de novo no mesmo lugar?” É isso mesmo! Cada viagem é única e me desafio a encontrar  coisas novas  e diferentes para fazer.  Se você tiver a oportunidade de ir, vá! Para quem se interessou vou deixar algumas dicas e sugestões nesse guia pra facilitar o planejamento da viagem.

DOCUMENTOS

Para entrar na Argentina não é necessário ter passaporte. O RG é aceito desde que esteja em bom estado de conservação e algumas companhias falam em estar atualizado com a data de expedição até 10 anos. CNH, carteira de trabalho ou profissional entre outros documentos de identificação não são aceitos na imigração. Então já sabe, prepare seu RG ou passaporte!

AEROPORTOS

Aeroporto Internacional Ministro Pistarini mais conhecido por Ezeiza, localizado na Zona Sul da cidade no bairro que leva o mesmo nome. Fica aproximadamente 40 km do centro de Buenos Aires. É um aeroporto grande, com infraestrutura como free shop e opções de alimentação.

O Aeroporto Internacional Jorge Newberry está localizado a 8 km do Centro, sendo uma vantagem para transporte. Em tamanho é menor que o Ezeiza, muito utilizado para voos domésticos, porém também conta com toda infra de um aeroporto internacional.

DINHEIRO

A moeda é o peso argentino. Alguns estabelecimentos aceitam real e dólar (não são todos e as cotações variam a cada lugar, principalmente para o real não é nenhuma vantagem levar). Para trocar é o dólar tem uma cotação melhor. Faça o câmbio em casas especializadas. Ah! Você precisa de um passaporte ou documento de identidade para fazer a transação. É mais seguro. E cuidado com as notas falsas nos trocos. Não é uma regra, mas fui alertada e já aconteceu com parentes.

PONTOS TURÍSTICOS

Plaza de Mayo – Uma das Praças mais importantes e antigas da cidade devido aos acontecimentos políticos, comemorações e protestos do passado e da atualidade do país ( E muito bonita também). Em seu entorno encontramos a Casa Rosada, a Catedral Metropolitana entre outros prédios governamentais e históricos.

ENDEREÇO: Yrigoyen, Hipolito Av. e BALCARCE, Buenos Aires

Casa Rosada – Da Plaza de Mayo já se avista de longe um enorme monumento de cor rosada. Sede da Presidência, a Casa do Governo, mais conhecida como Casa Rosada. Além da sua importância política, vale também a visita pelo seu interior.

Pode-se fazer a visita guiada ( tem acesso a mais locais) ou não, mas como a guiada tinha horário e tava uma filinha, e eu tinha outros lugares pra ir ainda, fui sem guia. Vale a pena pela história, pelo conhecimento adquirido e pela arquitetura! O “Pátio de las Palmeras” é lindo e rende boas fotos. Eu tirei foto até com o guardinha 😉

ENDEREÇO: Balcarce 50, Microcentro, Buenos Aires

Caminito – Sabe aquele lugar bonitinho cheio de casinhas coloridas? É lá. Bastante popular e tradicional, o Caminito faz parte do roteiro básico de quem vai a Buenos Aires. É como vir à Bahia e ir ao Pelourinho.

Além do centro cultural você encontra opções de lojinhas, bares e restaurantes com mesas externas e em alguns acontecem algumas apresentações de dança típica e música. Boa opção pra dar uma pausa, tomar uma cervejinha, comer algo e curtir com seus companheiros de viagem.

Animada por ser meu aniversário, na minha segunda viagem fui convidada para uma pequena aula de tango e aceitei! O professor/dançarino foi falando o que devia fazer demos um show! Rá! Kkkkkkk No mínimo uma experiência marcante e diferente!

Além dos bons drinks que tomei, me encantaram também as cores do Caminito, ou seja… “saca la foto”! Perto dali fica o estádio do Boca Juniors, La Bombonera. Para quem curte futebol é uma boa atração. Os arredores do bairro são um tanto quanto suspeitos. Vale ficar atento.

ENDEREÇO: Caminito, La Boca, Buenos Aires.

imagens-buenos-aires

Obelisco – Numa passadinha rápida consegue-se conhecer o monumento. O Obelisco está localizado Plaza de la República, na Av. 9 de Julho( a principal da cidade). O símbolo da cidade foi inaugurado em 1936 para comemorar 400 anos da primeira fundação de Buenos Aires.

ENDEREÇO: Av. Corrientes e Av. 09 de Julho.

Cemitério da Recoleta – Para mim um passeio dispensável (eu não gosto de cemitério em nenhum lugar), mas tá na listinha dos visitados. O cemitério da Recoleta é bastante famoso, não só por ser o lugar onde foi enterrada Evita Perón e outras celebridades, como também pelas obras de arte nos túmulos.

ENDEREÇO: Junín 1760, Recoleta.

Jardim Japonês

O meu preferido! Parece pequeno vale perdido no meio da cidade. O lugar é lindo, e já quando entramos sentimos uma maravilhosa sensação de tranquilidade. Com esculturas, decoração minimalista, variedade de plantas e carpas, o Jardim Japonês de Buenos Aires não deixa a desejar em nada aos originais. Além de passear pelas pontes sob o lago, passando pelas pequenas ilhas, quem visita pode também aproveitar para fazer uma refeição no restaurante ou ir até a casa de chá.

O jardim Japonês também oferece oficinas com a temática da cultura japonesa também. Mais detalhes em: http://www.jardinjapones.org.ar/ Entrada: atualmente $70 pesos (para crianças até 12 é grátis). Funcionamento: Todos os dias das 10 às 18 h. (Incluindo sábados, domingos e feriados)

Minha sugestão é que você realmente pare, respire e curta o clima desse lugar encantador.

ENDEREÇO: Parque 3 de Fevereiro de Palermo na Av. Casares, 2966.

Puerto Madero

Bairro moderno e conhecido como centro comercial e gastronômico de Buenos Aires. Lá encontramos a Puente de La Mujer, cartão postal da cidade que foi inspirada num casal dançando tango. Muito procurado para admirar o pôr-do-sol.

Ao longo das docas existem bares e restaurantes de toda diversidade. Meu preferido de lá é o mexicano Lupita. Bebida e comida ótimas, gente jovem e divertida, decoração criativa e um ambiente beeem agradável!  Olga Cosettini 1091 – Dique 3, Puerto Madero.

Floralis Genérica

Uma flor de metal gigante que de dia abre suas pétalas e de noite fecha essa é a Floralis Genérica. O monumento é bem interessante e fica num parque bastante procurado para passeios e tomar um solzinho. Logo ali do lado aproveite também para conhecer a imponente Faculdade de Direito.

San Telmo – Aos domingos aproveite para conhecer a feira de San Telmo, bem conhecida e famosa pelas antiguidades e artesanatos, procurando você encontra objetos bem legais para decoração. A estátua da Mafalda: aquela dos quadrinhos do jornal lembra? Fica na esquina de Defensa e Chile e a foto com ela é bem disputada.

Café Tortoni

A cafeteria é bem tradicional na cidade e a decoração traduz bem isso. Além da variedade do cardápio com opções de churros, cafés e opções salgadas o local oferece à noite apresentações de Tango. Nada muito exuberante, pelo contrário, bem simples e clássica eu diria. Importante fazer a reserva para o show pois é bem disputado e as salas disponíveis não são grandes.

ENDEREÇO: Avenida de Mayo 825, Microcentro

imagens-buenos-aires-2

TRANSPORTE

Caminhe! A cidade é linda e essa é a melhor forma de conhecer qualquer lugar, conhecer cada cantinho, curtir o clima. Metrô: legal para longas distâncias. Em BA é chamado de subte. Táxi funciona bem os preços são em conta. De preferência tenha o endereço exato de onde vai.  Evite pagar com notas altas, prefira pagar com dinheiro já trocado. (notas falsas).  Ônibus: aceitam moedas ou tarjeta (cartão) Sube. Mas não achei tão prático. Compramos o cartão, mas depois de um tempo precisamos de recarga e não foi fácil achar um local próximo que o fizesse. Andamos muito e perdemos tempo. Mas talvez com mais conhecimento tivesse dado mais certo. O valor da passagem depende da distância que você vai percorrer.

ONDE FICAR

CENTRO para quem procura opções mais econômicas, perto dos principais pontos turísticos.

PALERMO bairro cool pra quem gosta de curtir a noite.

RECOLETA bairro nobre e hotéis mais luxuosos.

PUERTO MADERO ideal para quem vai a negócios.

Pesquise no Tripadvisor avaliações e referências de hospedagem, restaurantes e bares, etc.

SHOWS DE TANGO

Existem diversas opções para assistir as apresentações da dança típica da capital. Os preços também são variados. Vai depender se você quer um show com ou sem jantar, com ou sem transporte, mais artístico ou mais intimista. Eu assisti o do Café Tortoni, degustamos as delícias de lá enquanto esperávamos o show. Foi apresentação mais clássica, bem legal. Muitos hotéis têm parcerias com produtoras de show, vale perguntar na recepção ou fazer uma busca específica antes de ir.

COMIDA

Prepare-se para comer  bastante carne com papas (batatas) , mas você também vai encontrar muitas opções de restaurantes italianos, japoneses, tem de tudo. Mas não deixe de experimentar as famosas (e deliciosas) empanadas. Eu sou apaixonada pelas de jámon e queso ( presunto e queijo) e mm todo canto você às encontra.

Vou mostrar agora uma dica que me salvou da segunda vez que viajei para Buenos Aires. Até então ninguém entendia os cortes das carnes, e passamos por alguns perrengues. Vale a pena anotar isso aqui:

Bife ancho: é a parte dianteira (e mais macia) do contrafilé.

Bife de chorizo (ou angosto): tirado da parte traseira no contrafilé.

Ojo de bife: suculento, macio e gorduroso, é o miolo do contrafilé.

Lomo: corresponde ao filé-mignon brasileiro.

Bola de lomo: trata-se do nosso patinho. É usado, sobretudo, no famoso filé à milanesa argentino.

Cuadril: equivalente à alcatra, também compreende seu miolo, chamado de corazón de cuadril.

Tapa de cuadril: é a versão argentina da picanha.

Colita: chamada ainda de colita de cuadril, é a ponta da alcatra, conhecida no Brasil como maminha.

Matambre: pode ser tanto a parte inferior da costela, colada à pele, quanto a receita feita a partir deste corte (uma espécie de rocambole servido como entrada).

Vacío: equivalente à fraldinha.

Asado: é a costela do boi. Quando cortado na transversal dá origem ao chamado asado de tira.

Fonte: Guia 4 Rodas

 Ah!Fiquem atentos no cardápio para verificar o valor  cubierto (cobrar o serviço de mesa é normal nos estabelecimentos de lá). E também calcule sempre, pelo menos 10% para o garçom (lá é conhecido por propina) pois nunca está incluído no preço da conta e é indelicado não pagar.
Agora é com vocês? Já foram a Buenos Aires? Tem alguma dica legal pra compartilhar? Deixa ai nos comentários! Vou ficar de olho.
Beijo, tchau!
Continue Reading